Direito Securitário

Direito Securitário ou do Seguro é o ramo do direito privado que estuda e regula as relações existentes entre Segurado (Pessoa Física ou Jurídica que contrata em seu benefício ou para terceiros) e Segurador (Também chamada de Seguradora, é quem assume a administração dos riscos e o consequente pagamento da indenização contratada), relação essa que se dá por meio de um contrato pelo qual o Segurador se obriga a indenizar o Segurado, caso ocorra o fato gerador chamado de “sinistro”.

O escritório atua na defesa dos Segurados, pleiteando o seu direito ao recebimento da indenização ante a negativa das Seguradoras em casos como Seguro de Pessoas e Seguro Habitacional.

Seguro de Pessoas:

Como exemplos de seguros de pessoas, temos: seguro de vida, seguro funeral, seguro de acidentes pessoais, seguro educacional, seguro viagem, seguro prestamista, seguro de diária por internação hospitalar, seguro desemprego (perda de renda), seguro de diária de incapacidade temporária.

O Seguro Prestamista ou Seguro Proteção Financeira como também é conhecido merece atenção destacada uma vez que ele proporciona aos seus segurados proteção/cobertura em várias linhas como:

Crédito Consignado, Crédito Pessoal, CDC, Cheque Especial, Financiamentos de Veículo, Consorcio, em caso de morte natural e/ou acidental, invalidez permanente total por acidente garantindo ao segurado a amortização ou quitação da dívida.
Ainda nesta modalidade de seguro é possível a cobertura em caso de Desemprego Involuntário e Incapacidade Física Temporária.

Seguro Habitacional

No caso dos Seguros Habitacionais atuamos em demandas decorrentes dos contratos de financiamentos (SFH, PAR, FAR, Minha Casa Minha Vida e outros) que possuem previsão de cobertura nos casos de evento morte ou invalidez permanente do proprietário e quando da ocorrência de danos elétricos e danos físicos ao imóvel, tais como: explosão, incêndio, desmoronamento e ameaça de desmoronamento.

O escritório representa também os militares das Forças Armadas e Forças Auxiliares que em virtude das atividades por estes desenvolvidas compreenderem na maioria das vezes iminente risco de acidentes pessoais ou o desenvolvimento de doenças com relação de causa e efeito transmutam-se em uma categoria de segurados que com muita frequência necessitam acionar a cobertura da indenização contratada.

Informação Importante:

Quando o militar de qualquer das três forças é julgado incapaz definitivamente para o exercício de sua atividade habitual, faz jus ao recebimento da cobertura indenizatória contratada, uma vez que na condição de militar referido seguro foi contratado.

Precisa de ajuda?

Nós podemos ajudar! Use os meios de comunicação abaixo para entrar em contato conosco.